Saúde do idoso

O envelhecimento não ocorre igualmente em todo ser humano. Alguns apresentam maiores dificuldades neste processo. Contudo, com o avançar da idade, todos necessitam de atenção e cuidados específicos para que isso ocorra de forma saudável. Envelhecer não é adoecer. (Ministério da Saúde)

Faixa etária: acima dos 64 anos de idade

  • Consulta médica anual (geriatra)
  • Exames Básicos: Hemograma completo (investiga anemias e outras alterações sanguíneas); Glicose (pesquisa o nível de glicose no sangue para diagnóstico da diabetes mellitus); Uréia e Creatinina (avalia a função renal); Colesterol total, HDL e LDL para controle periódico a cada 5 anos (avalia o risco para doenças cardiovasculares); Triglicerídeos (avalia o risco para doenças cardiovasculares); Exame de urina tipo I (investiga doenças do aparelho urinário); Homocisteína, Proteína C reativa (PCR) quantitativa, Lp(a) – lipoproteína A (avalia o risco para doenças cardiovasculares). Exame de fezes (pesquisa vermes e protozoários); Também devem ser realizados exames cardiológicos para avaliação da função cardiovascular: Eletrocardiograma de repouso (ECG) e Teste de Esforço em esteira ergométrica;
  • Para os homens, acrescer exame de PSA (antígeno prostático específico – esse exame investiga problemas de próstata e é complementar ao toque retal)
  • Histórico médico completo e um exame físico minucioso incluindo palpação dos gânglios linfáticos (pescoço, axila, virilha), tireóide e abdômen; inspeção dos ouvidos, olhos e garganta; teste de reflexos neurológicos e exame geral da pele, medida de peso, altura, pressão arterial, ausculta do coração. Também deve ser analisada a maneira de lidar com o “stress”, os hábitos alimentares, a obesidade. Exame da superfície cutânea para pesquisa de lesões pré-cancerosas e aconselhamento do uso de protetor solar; Dependendo dessa avaliação, solicitam-se os exames complementares para detectar sinais precoces de doenças ou de quaisquer outros problemas graves da saúde, bem como encaminhamento para outro profissional médico caso necessário.
  • Aconselhamento dietético individual através de dietas balanceadas: limitada ingestão de frituras, gorduras de origem animal, calorias balanceadas enfatizando verduras, frutas, legumes e adequada ingestão de cálcio para a prevenção da osteoporose bem como bons hábitos alimentares e controle do peso. É importante, também, o controle do sal e do açúcar;
  • Atividade física regular principalmente para fortalecimento muscular e ósseo.
  • Exame Oftalmológico, a cada 2 anos, incluindo Tonometria e Campimetria para pesquisa de glaucoma (doença responsável pela cegueira); os portadores de diabetes mellitus devem fazer exame de Fundo de Olho anualmente, ou a critério do oftalmologista;
  • Ultra-sonografia de abdômen total (investiga tumores/cálculos de vesícula e vias biliares, fígado, pâncreas, rins e baço);
  • Raio-X do tórax (imagem do coração e pulmões);
  • Ultra-sonografia de próstata e bexiga (mede o tamanho da próstata e da bexiga, investiga indícios de câncer);
  • Dependendo dessa avaliação e dos resultados dos “check-up” anteriores, solicitam-se os exames complementares para detectar sinais precoces de câncer, doenças do coração e de quaisquer outros problemas graves da saúde.
  • Vacinação a partir dos 60/65 anos de idade: vacina contra gripe (antiinfluenza) anualmente; vacina antipneumocócica a cada cinco anos; vacina antitétano/difteria em duas doses com quatro semanas de intervalo e terceira dose com 6-12 meses, reforço com 10 anos;

Observação: É importante ressaltar que qualquer um desses exames ou outros mais complexos em que se usa a tecnologia de ponta pode ser solicitado pelo médico, a qualquer época, independentemente da faixa etária do indivíduo, visto que a real necessidade de um exame complementar é determinada pelo perfil clínico individual de cada paciente. 

Para as mulheres, acrescer aos exames:

  • Ultra-sonografia pélvica: útero, ovários e bexiga (investiga câncer e outros tumores);
  • Exame das mamas como parte do exame físico geral. Recomendação e orientação para realização de auto-exame das mamas mensalmente
  • Mamografia, anualmente (investiga câncer de mama e outros tumores); 
  • Densitometria óssea: fêmur proximal e coluna lombar. A freqüência com que esse exame deve ser solicitado depende de cada caso em particular, devendo ser avaliado e determinado pelo seu médico; 
  • Consulta com médico ginecologista, anualmente (Exame Ginecológico e de Papanicolau).

Para os homens, acrescer aos exames:

  • Exame da próstata (toque retal e PSA), exame dos testículos como parte do exame físico para pesquisa de nódulos (câncer) ou varicosidade (varicocele). Solicitar ao médico ou enfermeiro orientação para a realização do auto-exame dos testículos. 
  • Apesar de em menor freqüência, os homens também estão sujeitos a desenvolver osteoporose e é aconselhável realizar também o exame de Densitometria óssea em intervalo a ser definido por seu médico.

As quedas e suas conseqüências para as pessoas idosas no Brasil têm assumido dimensão de epidemia. A queda em idosos pode causar sérios prejuízos à qualidade de vida desse grupo populacional, podendo acarretar em imobilidade, dependência dos familiares, sem falar no índice de mortalidade pós-cirúrgico. A queda em pessoas idosas está associada à dificuldade de visão, auditiva, uso inadequado de medicamentos, dificuldade de equilíbrio, perda progressiva de força nos membros inferiores, osteoporose, dentre outras situações clínicas que culminam para maior probabilidade de uma pessoa idosa cair.

Morando com o inimigo…

Dentre os principais motivos dessas quedas, também estão nas pequenas armadilhas no próprio ambiente doméstico: desníveis de um ambiente para outro, tapetes soltos, móveis baixos no meio da casa, obstáculos no chão, escadas sem corrimão, iluminação deficiente, entre outros. Abrir mão de sair de casa sozinho, ou de realizar as atividades corriqueiras do dia a dia não faz parte de nossos planos.

Nossa independência é algo que levamos muito em consideração e perde-la é considerado uma das coisas mais difíceis de aceitar. Portanto, faça a sua parte procurando ter o melhor estilo de vida possível e prevenindo-se de acidentes domésticos.