Saúde da mulher

Faixa etária: dos 18 aos 39 anos de idade

  • Consulta médica anual com Ginecologista (Exame Ginecológico e de Papanicolau); a partir de 35 anos de idade, fazer exame de Mamografia e Ultrasonografia Pélvica (investiga câncer e outros tumores de útero, ovários e bexiga);
  • Exames Básicos: Hemograma completo (investiga anemias e outras alterações sanguíneas); Glicose (pesquisa o nível de glicose no sangue para diagnóstico da diabetes mellitus); Uréia e Creatinina (avalia a função renal); Colesterol total, HDL e LDL para controle periódico a cada 5 anos (avalia o risco para doenças cardiovasculares); Triglicerídeos (avalia o risco para doenças cardiovasculares); Exame de urina tipo I (investiga doenças do aparelho urinário); Exame de fezes (pesquisa vermes e protozoários);
  • Histórico médico completo e um exame físico geral que inclui: medida de peso, altura, pressão arterial, ausculta do coração, palpação do abdômen, dentre outros. Avaliação do seu estilo de vida para verificar como os problemas diários são equacionados (ambiente de trabalho e familiar). Também deve ser analisada a maneira de lidar com o “stress”, os hábitos alimentares, a obesidade. Dependendo dessa avaliação, solicitam-se os exames complementares para detectar sinais precoces de doenças ou de quaisquer outros problemas graves da saúde, bem como encaminhamento para outro profissional médico se necessário;
  • Exame das mamas como parte do exame físico geral. Solicitar orientação para a realização de auto-exame das mamas;
  • Ingestão adequada de cálcio para prevenção da osteoporose. A Densitometria Óssea é o melhor exame para detectar a osteoporose em sua fase inicial. Esse exame deve ser feito nas mulheres a partir dos 30 anos de idade;
  • Aconselhamento dietético individual através de dietas balanceadas: limitada ingestão de frituras, gorduras de origem animal, calorias balanceadas enfatizando verduras, frutas, legumes e adequada ingestão de cálcio para a prevenção da osteoporose bem como bons hábitos alimentares e controle do peso. É importante, também, o controle do sal e do açúcar;
  • Atividade física regular: o exercício é parte muito importante de qualquer programa de saúde;
  • Exame da superfície cutânea para pesquisa de lesões pré-cancerosas e aconselhamento do uso de protetor solar;
  • Avaliações: Visão / Audição.

Faixa etária: dos 40 aos 49 anos de idade

  • Consulta médica anual com Ginecologista (Exame Ginecológico e de Papanicolau), incluindo aconselhamento (prós e contra) da terapia de reposição hormonal nas pacientes pós-menopausa;
  • Exames: além dos exames descritos na faixa etária dos 18 aos 39 acima, devem ser realizados Homocisteína, Proteína C reativa (PCR) quantitativa, Lp(a) – lipoproteína A (avalia o risco para doenças cardiovasculares). Também devem ser realizados exames cardiológicos para avaliação da função cardiovascular: Eletrocardiograma de repouso (ECG) e Teste de Esforço em esteira ergométrica. Nesta fase, os cuidados no consumo do sal e do açúcar devem ser ainda maiores;
  • Ultra-sonografia pélvica: útero, ovários e bexiga (investiga câncer e outros tumores);
  • Ultra-sonografia de abdômen total (investiga tumores/cálculos de vesícula e vias biliares, fígado, pâncreas, rins e baço);
  • Exame das mamas como parte do exame físico geral. Solicitar orientação para realização de auto-exame das mamas mensalmente;
  • Mamografia, anualmente (investiga câncer de mama e outros tumores); 
  • Densitometria óssea: fêmur proximal e coluna lombar. A freqüência com que esse exame deve ser solicitado depende de cada caso em particular, devendo ser avaliado e determinado pelo seu médico; 
  • Exame Oftalmológico, a cada 2 anos, incluindo Tonometria e Campimetria para pesquisa de glaucoma (doença responsável pela cegueira); os portadores de diabetes mellitus devem fazer exame de Fundo de Olho anualmente, ou a critério do oftalmologista;
  • Raio-X do tórax (imagem do coração e pulmões);
  • Dependendo dessa avaliação e dos resultados dos “check-up” anteriores, solicitam-se os exames complementares para detectar sinais precoces de câncer, doenças do coração e de quaisquer outros problemas graves da saúde.

Faixa etária: dos 50 aos 64 anos de idade

  • Consulta anual com Clínico Geral e Ginecologista;
  • Exame físico minucioso incluindo palpação os gânglios linfáticos (pescoço, axila, virilha), tireóide e abdômen; inspeção dos ouvidos, olhos e garganta; teste de reflexos neurológicos e exame geral da pele;
  • Seguir a mesma rotina de exames básicos solicitados na faixa etária de 40 a 49 anos de idade, acrescido de: Função tiroideana: T3, T4 e TSH ultra-sensível (após 60 anos de idade); Pesquisa de sangue oculto nas fezes (anualmente). Esse exame investiga resíduos de sangue nas fezes (indicativo de câncer ou lesões no intestino grosso); Sigmoidoscopia Flexível a cada 5 anos para detectar o câncer de sigmóide ainda em estágio inicial; Enema Opaco Colonoscopia para detectar o câncer do cólon, ainda em estágio inicial, ou possíveis tumores pré-cancerígenos como o pólipo do cólon;
  • Vacinação a partir dos 60/65 anos de idade: vacina contra gripe (antiinfluenza) anualmente; vacina antipneumocócica a cada cinco anos; vacina antitétano/difteria em duas doses com quatro semanas de intervalo e terceira dose com 6-12 meses, reforço com 10 anos.

 

Observação: É importante ressaltar que qualquer um desses exames ou outros mais complexos em que se usa a tecnologia de ponta pode ser solicitado pelo médico, a qualquer época, independentemente da faixa etária, visto que a real necessidade de um exame complementar é determinada pelo perfil clínico individual de cada paciente.